Revelando São Paulo - Vale 2008 tem novidade

Esta será a quinta edição do Revelando São Paulo, na região do Vale do Ribeira, sendo a quarta no município de Iguape. O evento acontecerá nos próximos dias 21 a 25 de maio e apesar da programação não estar totalmente definida ainda, uma Romaria Aquática, batizada de “Dádivas das Águas” é a novidade para este ano.

Como acontece tradicionalmente o evento conta a presença da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Aparecida, vinda diretamente do Santuário Nacional de Aparecida e fica exposta no recinto, em um altar dedicado exclusivamente a ela. A chegada da imagem é o momento de maior comoção da festa, para os católicos.

Esta imagem peregrina participará juntamente com a imagem do Senhor Bom Jesus de Iguape da Primeira Romaria Aquática realizada no evento. O nome “Dádivas das Águas” é uma referência à abundância e importância das águas que cercam o Vale do Ribeira. Lembra Toninho Macedo, diretor da Abaçai, que tanto a imagem de Nossa Senhora de Aparecida quanto a Imagem do Bom Jesus, foram trazidas pelas águas, sendo a primeira pela água doce e a segunda pela água salgada. Outra dádiva das águas também é a pesca, importante atividade econômica e de subsistência, assim como o Lagamar, região que serve de berçário para a vida aquática e que apresenta grandes belezas naturais e diversidade de vida.

Em agradecimento a estas dádivas, no dia 24 de maio será realizada a Romaria Aquática que terá início às 9horas, na comunidade de Vila Nova e seguirá para as comunidades do Pontal, Icapara, Rocio e Canto do Morro. Em todas as comunidades será realizada a benção dos fiéis e das embarcações presentes nos portos de parada. Nas comunidades do Rocio e Canto do Morro haverá ações diferenciadas: no Rocio a imagem de Nossa Senhora do Rocio se juntará ao cortejo que seguirá até a Comunidade do Canto do Morro onde a romaria seguirá a pé até o Centro de Eventos.

Dádivas das Águas promete ser um grande acontecimento e marca a expansão do Revelando São Paulo edição Vale do Ribeira, alcançando diversas comunidades locais além de valorizar a tradição náutica na região. A realização é da Prefeitura Municipal de Iguape através do Departamento de Cultura e Eventos e da Abaçai (Secretaria do Estado de Cultura). A produção é de André “Shibud” Mori e colaboração da ACECAT - Associação Centro Caiçara de Atendimento Turístico, Colônia de Pescadores, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e Policia Ambiental.

Leave a Reply