Escola “Plácido” de Sete Barras promove Sarau de Poesias

A Escola Plácido Paula e Silva realizou na noite de quinta (27/10), um Sarau de Poesias,com a participação de alunos e a presença dos pais e autoridades.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um belo cenário foi armado no pátio da escola, com o retrato da homenageada: Clarice Lispector (poetisa, escritora, romancista, contista, cronista e jornalista), que teve várias de suas poesias e contos interpretadas por dezenas de alunos.
A Diretora Cleuza Saccon, falou da importância da escola estar resgatando as obras de Lispector: “É a partir do hábito que se compreende e é a partir da compreensão que se aprecia a poesia. Esse hábito deve ser criado e desenvolvido desde a educação infantil até o ensino médio”.

Enquanto apresentava os alunos declamadores, a Diretora Cleuza lia trechos da biografia de Clarice Lispector nos intervalos.

A poetisa “Filó”, apresentou poesias do seu último livro “Pedaços Inteiros” e o poeta e ator Marcelo Plácido de Oliveira Marques fez uma performance teatral no palco; ambos são de Sete Barras.

Os alunos, além de declamarem poesias e contos em português, também declamaram em inglês e espanhol e apresentaram algumas músicas ao vivo (voz e violão).

A Prefeita Nilce Ayako Miashita, a chefe do Setor da Educação Lilian Paladino Ohe, as Diretoras Benedita Aparecida Ferreira e Sandra Regina de Carvalho, o Presidente da Câmara Municipal Cleyton Alessandro de Morais e o Assessor “Serrinha”, compareceram para prestigiarem o evento.

– Clarice Lispector nasce em Tchetchelnik, na Ucrânia, no dia 10 de dezembro, tendo recebido o nome de Haia Lispector, terceira filha de Pinkouss e de Mania Lispector. Seu nascimento ocorre durante a viagem de emigração da família em direção à América.

Obras da autora:

Romances:
Perto do Coração Selvagem (1943); O Lustre (1946); A Cidade Sitiada (1949); A Maçã no Escuro (1961); A Paixão segundo G.H. (1964); Uma Aprendizagem ou Livro dos Prazeres (1969); Água Viva (1973); Um Sopro de Vida – Pulsações (1978)

Contos:
Alguns contos (1952); Laços de família (1960); A legião estrangeira (1964); Felicidade clandestina (1971); A imitação da rosa (1973); A via crucis do corpo (1974); Onde estivestes de noite? (1974) A bela e a fera (1979).

– Clarice Lispector morre em 09/12/1977

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s