Mais 32 famílias são contempladas com as moradias do “Minha Casa, Minha Vida” no Jardim Agrochá

Graças ao rigoroso trabalho de fiscalização da Prefeitura e Caixa Econômica Federal que contaram com intensa participação dos munícipes neste processo, que no último domingo, 30 de outubro, mais 32 famílias foram contempladas, com realização de novo sorteio, das moradias do programa do Governo Federal, “Minha Casa, Minha Vida”, no Jardim Agrochá. Outras 48 famílias ainda poderão ser beneficiadas assim que finalizar o processo de fiscalização. A íntegra da publicação do decreto deste sorteio de vagas remanescentes e lista dos sorteados no último domingo estão publicadas no site da Prefeitura de Registro – http://www.registro.sp.gov.br .

“Todo este trabalho afirma ainda mais o nosso compromisso que é atender a quem mais precisa. Parabéns à população que nos ajudou muito de perto no trabalho de fiscalização, o que fez garantir a idosos, pessoas que moram em área de risco e àqueles com menor renda e ainda sem sua casa para morar, o sonho da casa própria”, disse a prefeita de Registro Sandra Kennedy Viana, durante sua fala e pediu aplausos a toda população da cidade por este importante ato.

As famílias cadastradas no programa que não foram sorteadas no primeiro sorteio compareceram em grande número no salão do social do RBBC. Junto dos filhos, marido, pai e mãe e acompanharam esperançosas a cada número sorteado. No total foram sorteados 32 titulares (podendo chegar a 80) e 115 suplentes somando no total 147 sorteados subdivididos nos seguintes grupos: Grupo 1 (com renda até R$ 1.395,00); Grupo 2 (moradores de área de risco); Grupo 3 (dos idosos); Grupo 4 (dos deficientes); Grupo 5 (de quem recebe até 1 salário mínimo) e Grupo 6 (moradores do Agrochá).

Rosângela da Silva, contratada pela Prefeitura para trabalhar na frente de trabalho foi umas das sorteadas, e domingo, ela estava escalada para trabalhar no RBBC. “Valeu a pena ter estado lá mesmo trabalhando, graças a Deus tive uma segunda chance, e fui sorteada. Estou muito feliz”, disse. Rosângela é mãe de três filhos, mora há três anos Jardim Valery e por duas vezes foi atingida por enchente.

Não menos contente, a sorteada suplente, Valquíria Bruno do Espírito Santo, moradora do Alay Correa há sete meses, foi ao sorteio das moradias acompanhada do marido, filho, irmã e sobrinho. Ela não segurou a emoção e aos prantos foi amparada pela diretora do departamento Bem-Estar Social, Maria Isabel Garavello.

“No próximo ano teremos mais casas para entregar, por isso, não quero que ninguém saia triste daqui. Teremos uma conversa com o governo do Estado para tentar dar prioridade para as famílias que são de área de risco”, anunciou a prefeita em seu discurso quando informou que o governo do Estado irá decidir junto com a Prefeitura a quem destinará a metade das 286 casas do CDHU, que deverá ser entregue em janeiro do próximo ano. “Temos mais 800 pelo Programa Minha, Casa, Minha Vida, cujas inscrições começam no próximo ano, e estamos em busca de empresas interessadas em construir mais casas na Região, para atender as famílias com renda maior e também funcionários públicos”, disse a prefeita Sandra Kennedy Viana.

A prefeita Municipal também comunicou que o trabalho de fiscalização nesta segunda fase de sorteio continuará seguindo e acontece entre os dias 1 e 6 de novembro. “Portanto qualquer cidadão registrense poderá questionar as informações declaradas por candidato sorteado e apresentar denúncia do não cumprimento dos critérios e solicitação impugnação, direcionado à comissão”, disse.

A Prefeitura também alerta os titulares e suplentes contemplados com as moradias pelo novo sorteio sobre os prazos de apresentação de documentação que iniciam nesta quinta-feira, 3 de novembro, e se encerra dia 6, domingo. A equipe do departamento Bem-Estar Social estará no endereço; Rua Yolanda, 88 – Centro, onde funciona o departamento até 6 de novembro, domingo, recebendo a documentação. O horário de atendimento é das 8h ao 12h e das 13h30 às 17 horas.

Os documentos exigidos para fazer o cadastramento é carteira de trabalho (do casal, mesmo não estando trabalhando), último holerite ou comprovante de rendimento (se estiver trabalhando, aposentado, pensionato), RG (do casal), CPF (do casal), certidão de casamento ou certidão de nascimento, comprovante de residência (água ou luz) e declaração escolar dos dependentes (obrigatório). É necessário cópia e original desta documentação.

Anúncios

9 Respostas para “Mais 32 famílias são contempladas com as moradias do “Minha Casa, Minha Vida” no Jardim Agrochá

  1. Aguardo resposta da secretaria de habitaçõa

  2. estou esperando ser sorteada, moro em péssimas condições.

  3. estou aguardando chegar a minha casa nova espero que não demore quero ter uma condição de vida mais digna.obrigada.

  4. espero resposta do sorteio pelo meu imail dila.leci@hotmail.com

  5. Dilma leci candido pinto

    Se Deus quiser, e sei que ele quer eu ainda vou ter uma moradia decente e não vou pagar aluguel sem poder.

  6. Dilma leci candido pinto

    Acho um trabalho muito humano este programa de dar moradia digna a quem está morando mal ou sem uma casa pagando aluguel.

  7. Dilma leci candido pinto
  8. Dilma leci candido pinto

    Quando eu for sorteada, por favor me enviem pelo meu imail dilma.leci@hotmail.com agurdo ansiosa porque moro em pessimas condiçõe , sem agua e sem saneamento.

  9. Dilma leci candido pinto

    estou esperando ser sorteada ,moro em péssimas condições com um filho de 8 anos com serio ploblemas de súde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s