RPM fará show gratuito no Ilha Verão neste sábado 7/12

O garoto de Olhar 43 cresceu e agora tem uma visão muito diferente dos relacionamentos.

Ilha Comprida – Começou a maratona musical do Ilha Verão 12 com grandes shows gratuitos na Arena de Eventos da Praia do Boqueirão. Na sexta 6/12, haverá show com a Banda Nota Fiscal, às 21 horas, seguida do pagode Batukaí, às 23 horas. No sábado 7/01, grande show às 23 horas com a Banda RPM, responsável por grandes sucessos do pop rock brasileiro.

Com suas músicas dançantes, RPM marcou toda uma geração embalada por músicas como Olhar 43, Rádio Pirata, Revoluções por Minuto e muitas outras. O Ilha Verão é uma promoção da Prefeitura da Ilha Comprida com apoio do Banco Santander. Acompanhe a programação:

Dia 06/01 – Banda Nota Fiscal – 21h
Dia 06/01 – Pagode Batukaí – 23 h
Dia 07/01 – RPM – 23 h
Dia 08/01 – Marciano – 20 h
Dia 13/01 – Marcelo Vox – 21h
Dia 13/01 – Ewerton e Zanatta – 22h
Dia 14/01 – Biquini Cavadão – 23 h
Dia 15/01 – Padre Juarez de Castro – 20 h
Dia 20/01 – Fred e Gustavo – 22 h
Dia 21/01 – Alexandre Pires- 23 h Dia 21/01- Baile do Hawai – 23 h –Iate Park Hotel
Dia 22/01 – Patati Patatá – 19 h
Dia 27/01 – Nativus da Ilha – 22h
Dia 27/01 – Maskavo – 23 h
Dia 28/01 – Lulu Santos – 23 h
Dia 03/02 – Yasmin Farias e Banda- 22h
Dia 04/02 – Nazareth – Show internacional – 23 h
Dia 10/02 – Ludmila Ferber – 22h
Dia 11/02 – Fúlvio de Oliveira- 22h
Dia 11/02 – Frejat – 23 h

A volta do RPM, por RPM

Por toda a minha vida. Profético, este programa da Rede Globo contaria pela primeira vez a história de um artista vivo, no caso, o RPM. Quando o diretor Ricardo Waddington me ligou, em março do ano passado, fiquei emocionado, e comecei a conversar com Luiz Schiavon, Fernando Deluqui e Paulo P.A. Pagni sobre o imenso legado, o carinho dos fãs e a sensação de obra inacabada que deixamos. Pouco a pouco, com maturidade e profissionalismo, foi se desenhando a volta do RPM.

O fato era que precisávamos de um novo cd de músicas inéditas. Em dezembro, começamos a compor, e a fluência e o prazer que estávamos sentindo ao retomar os trabalhos nos dava a certeza de que estávamos no caminho certo. Revimos o conceito de RPM e procuramos atualizar a sonoridade da banda que foi pioneira na utilização da eletrônica no pop rock brasileiro, e constatamos que de lá pra cá muita coisa aconteceu.

Mas nosso maestro Schiavon não ficou para trás e nossos recursos são o que há de mais moderno, tecnologia de ponta em áudio. Com um repertório dançante, com apenas duas canções mais lentas, e letras que retomam nossa tradição politizada e mostram que o garoto de Olhar 43 cresceu e agora tem uma visão muito diferente dos relacionamentos.

Mas o RPM se notabilizou por suas performances ao vivo, e o novo show teria que dar continuidade à nossa tradição de grandes espetáculos. O experiente Ulysses Cruz foi convocado para a direção, os cenários ficam a cargo de Zé Carratu, a iluminação com Marcos Olívio e os figurinos com Ciro Midena. Vamos retomar clássicos como a caveira de Rádio Pirata e uma de nossas marcas registradas, o raio laser. Com fome de bola e com a experiência dos anos, o RPM, que hoje se posiciona como “classic rock”, está de volta para ficar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s