Prefeitura de Juquiá contrata 96 bolsistas para Frente de Trabalho

Contratados atuarão em setores da administração pública municipal

A cerimônia de assinatura do Termo de Adesão à Frente de Trabalho aconteceu na manhã da segunda-feira, 19 de Março, no CCI ( Centro de Convivência do Idoso) e contou com a presença do prefeito Merce Hojeije, da primeira-dama Ana Emilia Hojeije, diretora do departamento Social e Juventude do Municipio de Juquiá, Cida Cavalcanti , do técnico da Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho – Edson Roberto Burci, Zuza Genovez- diretor do Centro Regional do Vale do Ribeira e representando os funcionários municipais a dra.Vânia Neide de Araújo Magalhães, diretora do departamento de Administração e Governo.

O Programa Emergencial de Auxílio Desemprego (PEAD), popularmente conhecido como “Frentes de Trabalho”, proporciona reinserção no mercado de trabalho, qualificação profissional e geração de renda para a população do Estado de São Paulo, em situação de alta vulnerabilidade social. Fomentado pela Lei Estadual 10.321, de 08 de junho de 1999, em 11 anos de atividades, o Programa já proporcionou, em caráter emergencial, ocupação e renda a cerca de 452 mil pessoas desempregadas.

O prefeito Merce declarou :“Foi com muito esforço que conseguimos dobrar o número de vagas para gerar mais emprego no município. Essa é uma forma de fazer capacitação ganhando algum dinheiro e quando tiver algum concurso público, vocês terão mais noção do que tem hoje. Agradecemos ao Governo do Estado, à secretaria, porque é um projeto nobre e o governador Alckminn está olhando pelo Vale do Ribeira. Desejamos que todos tenham uma boa sorte e quando vocês encontrarem uma atividade melhor, estaremos colocando outra pessoa na vaga desocupada por vocês. O mais importante nesse momento é a garantia do pão de cada dia”,concluiu o prefeito.

Cida Cavalcanti informou que foram efetuadas 110 inscrições e 96 bolsistas foram convocados, a maioria mulheres que passam a prestar serviços já a partir desta terça-feira, 20 de Março, e permanecem por um período máximo de nove meses e parabenizou o prefeito por ser um administrador que se preocupa em buscar recursos para melhorar a cidade e a qualidade de vida de todos. “A oportunidade está sendo dada, mas cada um tem que construir o seu futuro. Eu espero que todos tenham uma boa sorte”. disse Cida.

A jornada de trabalho será composta por duas turmas em turnos de cinco horas diárias, solução sugerida pelo prefeito Merce para evitar transtornos referente ao horário de alimentação, principalmente das pessoas que precisam se deslocar de bairros mais distantes. O quinto dia é reservado para o curso de qualificação profissional de 150 horas, proposto e organizado pelo Governo do Estado. Embora não haja vínculo empregatício, as faltas deverão ser justificadas e todos deverão assinar o livro ponto, diariamente. O pagamento do benefício estará disponível entre os dias 20 e 30 de março, de cada mês.

O representante da Secretaria de Emprego Zuza Genovez afirmou que a determinação de prefeitos , como o prefeito Merce e a intervenção do deputado Samuel Moreira, fez com que esse programa chegasse a todas as cidades do Vale do Ribeira. ”Esse é um importante programa de caráter social pois gera ocupação, renda e qualificação profissional e ao longo dos nove meses o Governo do Estado de São Paulo estará injetando cerca de 2 milhões de reais na economia do Vale do Ribeira, através das pessoas que estão desempregadas”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s