Cananéia é contemplada com um Polo Ampliado da Acadêmia da Saúde

Academia da Saúde (foto ilustrativa)

A Acadêmia da Saúde é mais um grande investimento de prevenção e promoção à saúde em Cananéia.

Prevenir é melhor que remediar. Esse velho ditado resume bem o sentido da Acadêmia da Saúde, ação especial da Divisão de Convênios da Prefeitura Municipal de Cananéia com o Ministério da Saúde, que implantarão no município um espaço público destinado às práticas corporais, atividade física, de lazer e modos de vida saudáveis. A Acadêmia de Saúde será implantada e inaugurada no espaço ao lado do Centro de Saúde do Centro ainda este ano.

Cananéia é um dos municípios nacionalmente habilitados para o projeto porque, desde 2009, vem implantando estratégias de mudança alimentar e fomento à prática de esportes. Um desses exemplos foi o grupo “Qualidade de Vida / Alimentação Saudável”, realizado em 2010 e 2011 pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Departamento Municipal de Saúde. Nesse grupo foram discutidos diversos temas como: alimentação saudável, ansiedade, auto-estima, distúrbios alimentares, obesidade e doenças relacionadas, atividades físicas e meio ambiente. Participam das reuniões diversos profissionais como nutricionistas, psicólogas e fisioterapeutas. Além disso, desde 2009, o Departamento Municipal de Educação vem implantando uma merenda escolar cada vez mais saudável, cortando frituras, acrescentando frutas e legumes, tudo isso com recomendações e acompanhamento de uma nutricionista que trabalha exclusivamente para a Educação de Cananéia.

Agora a Academia de Saúde vem para estruturar todas essas iniciativas. Contando com sala de vivências, sanitários, chuveiros, salas de acolhimento, avaliação, ambientes adaptados parta pessoas com deficiência física e uma vasta gama de equipamentos de ginástica.

Para o Departamento Municipal de Saúde, Rafael Perdiza, o projeto é mais um ganho para o Município. “A Academia da Saúde é muito importante para garantir as diretrizes de promoção à saúde e prevenção, estabelecidas pelo SUS. Esta é uma inversão de prioridades porque a prática de atividades corporais não é geralmente absorvida por pessoas que são atendidas pelo SUS, principalmente na atenção básica. Este projeto é uma inovação que atende principalmente à população de baixa renda de nosso município”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s