Parceria entre Coopafarga, CONAB e Casa da Agricultura fortalece Cooperados de Juquiá

A busca do fortalecimento da cooperativa e seus cooperados sempre foi a meta da Coopafarga e graças a parceria com a CONAB no programa compra antecipada, 30 cooperados serão beneficiados com a antecipação de recursos financeiros para investir em seus bananais.

“Hoje podemos dar esta garantia aos cooperados, temos nossa sede própria, 02 câmaras climatizadoras de bananas, caminhões para coleta no campo e entregas nos clientes, contratos de vendas de banana e seus derivados garantidos até 2013, estamos adquirindo equipamentos para nossa agroindústria de doces de bananas e com o apoio que recebemos dos programas governamentais, Conab, PNAE e assistência técnica da Prefeitura de Juquiá e CATI estaremos adiantando R$ 180 mil em recursos. Era o que estava faltando para completar o ciclo da cadeia produtiva de nossos cooperados”, explica o gerente de vendas da coopafarga, Antonio da Penha.

Para ter um produto de melhor qualidade e boa apresentação atendendo a demanda das dos programas governamentais, seria necessário um investimento nos bananais dos cooperados com poucos recursos. Para obter uma padronização na produção foi feita uma parceria com a Prefeitura de Juquiá que elaborou uma avaliação.

”O conhecimento da situação de cada propriedade é ponto fundamental na construção do projeto. O sucesso do investimento dependerá da possibilidade de produção esperada no prazo de pagamento estipulado e a resposta da cultura neste período. Além disso, o acompanhamento será intenso para que os agricultores sigam corretamente as instruções, isso fará com que os participantes e não participantes notem a diferença no desenvolvimento do talhão escolhido utilizando tecnologias de acordo com agricultura familiar” diz a Técnica Agrícola Flávia Godói.

“As orientações possibilitam que o produtor aplique no seu dia a dia a diminuição do custo de produção, uso correto e seguro de defensivos segundo as normas regulamentadoras das atividades rurais” diz Carlos Reitz de Castro Chefe de seção do Agronegócio.

“Foram visitadas 30 propriedades produtoras de banana e escolhido um talhão com 3 mil pés que receberão os recurso em forma de insumos e terão o acompanhamento técnico. Os recursos serão aplicados na área determinada e a produção será destinada para o pagamento do investimento recebido, ou seja a compra da produção será feita pela cooperativa que estará processando o excedente, assim formando o estoque em doce de banana,onde a agregação de valores é muito mais interessante do ponto de vista financeiro, conclui Ilso Luiz dos Santos, diretor do Departamento de Agricultura e Turismo.

Alem da cadeia produtiva da banana outras culturas estarão sendo financiadas como a mandioca, inhame e abóbora.

Para o prefeito Merce Hojeije, “investir na agricultura é investir no município. É sabido que quem mantém os comércios são os agricultores, estamos fortalecendo a agricultura através das manutenções das estradas vicinais com a liberação da cascalheira e recentemente, a agricultura ganhou mais uma retroescavadeira com uso exclusivo para a área rural possibilitando assim o escoamento da produção”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s