“Obras do SESI-SENAI entrarão em fase de licitação”, garante diretoria do SESI em Santos

Unidades em Registro atenderão a todo Vale do Ribeira

modelo da unidade do SESI em Limeira

As obras para a construção das Escolas do SESI e do SENAI em Registro estão prestes a entrar em fase de licitação, assegurou o diretor do Sesi/Santos, Michel Kabbach, em tratativas recentes com o Gabinete. Na versão atual do projeto a Prefeitura está pleiteando a construção de um anfiteatro para 300 pessoas. De acordo com o engenheiro Michel, espera-se para este ano o início das obras.

A garantia da implantação da infraestrutura de rede de água e esgoto apresentada pela Sabesp, no início deste ano, permitiu que o SESI/SENAI desse andamento aos tramites de licitação da obra. “Estamos tratando da execução desta obra com a SABESP, desde 2011, com o então superintendente Irineu Yamashiro, posteriormente com o então superintendente Izaías Storch e agora, com o atual superintendente José Francisco Gomes Júnior. Storch (in memorian) e José Francisco, a pedido da Prefeitura, assumiram como prioridade e colocaram o projeto em andamento”, informa o Secretário Municipal de Obras, Vamir Júnior.

Saneamento – A Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Obras finalizou os trabalhos de levantamento topográfico o que permitirá a SABESP a elaboração de projeto da rede coletora e estação elevatória de esgoto que atenderá as futuras instalações do SESI/SENAI e todo o Polo Educacional.

A assinatura da escritura que formalizou a doação do terreno de 115.457,20 metros quadrados, doado pela Prefeitura, foi em São Paulo, 7 de dezembro de 2011, onde esteve presente o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) , Sesi e Senai, Dr. Paulo Skaf.

De acordo com o gerente da Sabesp em Registro, Fábio de Assis Silva, o projeto para esta obra compreende rede coletora e estação elevatória de esgoto que vai beneficiar não apenas as instalações do SESI/SENAI, mas também o entorno do Polo Educacional. “A área dos terrenos é um mais baixa em relação à caída onde fica a lagoa de tratamento da Sabesp, por isso, será necessária a estação elevatória que vai bombear o esgoto para a lagoa”, explica o gerente da Sabesp.

O Centro de Atividades (CAT) do Sesi-SP, no Agrochá, em Registro, terá uma área instalada de 69.617,33 metros quadrados e oferecerá aos industriários e à comunidade em geral além de ensino fundamental integral e ensino médio, serviços nas áreas de educação, saúde, nutrição, cultura e esporte e lazer. O projeto do Senai será erguido em uma área com 27.182,67 metros quadrados.
Estão sendo estudados tipos de cursos (profissionalizantes) que terão a unidade de acordo com a vocação da região. “Ao todo, estão previstos paras as duas unidades investimentos em torno de 60 milhões com gasto em obras e equipamentos”, disse no encontro de assinatura da escritura do terreno o diretor de obras do Sesi/Senai, Carlos Eduardo Cabanas.

Histórico – Em julho de 2009, durante visita do presidente da Fiesp e do Sesi/Senai, Dr. Paulo Skaf, houve a primeira tratativa direta sobre a implantação do Sesi e Senai em Registro. O desafio era conseguir o terreno adequado para as obras e os recursos financeiros necessários para a compra. Vários terrenos foram oferecidos para análise pelo Sesi/Senai, mas problemas se interpuseram na escolha destes terrenos: avaliação sobre uma eventual dificuldade em obter licença ambiental, situação geológica do terreno ou localização geográfica. Duas áreas foram vistoriadas particularmente pelo presidente Paulo Skaf, a convite da Prefeita, em nova visita a Registro, em maio de 2010. Também não foram aprovadas após avaliação técnica da engenharia.

Por fim, pactuou-se em setembro de 2010 que o terreno apresentado seria adequado. E a decisão pela construção das Unidades foram tomadas definitivamente pelo seu presidente, Paulo Skaf, que é também o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e acompanhado de perto pelo diretor regional do Senai-SP e superintendente operacional do Sesi-SP, Walter Vicioni, pelo diretor do Sesi Santos, Michel Kabbach e pelo diretor titular do Ciesp no Vale do Ribeira, Carlos Puzzi. De setembro de 2010 até fevereiro de 2011, encaminhou se os procedimentos de pactuação de compra e venda, desafetação e desmembramento de are e a escritura do terreno. Em 7 de dezembro de 2011 foi formalizada a doação do terreno pela Prefeitura com a assinatura da escritura, em São Paulo, para as construções das Unidades Educacionais do Serviço Nacional da Indústria (Sesi) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s