Aula magna marca início do primeiro curso de Engenharia de Pesca do Estado

Os calouros da primeira turma do curso de Engenharia de Pesca da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) participaram da aula magna no auditório do KKKK, em Registro.

Este slideshow necessita de JavaScript.


A solenidade aconteceu na terça-feira, 12 de março, e contou com a presença do prefeito Gilson Fantin, do então coordenador da instituição, Prof. Dr. Sérgio Hugo Benez, o vice-coordenador do curso, Prof. Erico Rodrigues, e o Presidente da Federação Nacional dos Engenheiros de Pesca, Elizeu Augusto de Brito. O curso iniciou no dia 4 de março e a aula magna é uma forma de dar as boas vindas aos alunos. O curso da UNESP é o primeiro do Estado de São Paulo e o segundo recebido pelo campus de Registro, que conta com a faculdade de Agronomia desde 2002.

O prefeito Gilson Fantin citou a importância do deputado estadual Samuel Moreira na conquista dos cursos para o município, e deu as boas vindas aos alunos. “Fiquei muito feliz em saber do número expressivo de alunos que são do Vale, gostaria que aqueles que vieram de outras cidades também se sintam acolhidos”, disse. Dos 31 alunos que ingressaram no curso, 63% são do Vale do Ribeira, sendo que 8 são de Registro.

Na ocasião, o engenheiro Elizeu Augusto de Brito presenteou todos os alunos com chapéus e as autoridades com botons da Federação Nacional. “Ter o curso de Engenharia de Pesca no Estado era um grande sonho, São Paulo deu o exemplo criando um decreto que facilita o processo de licenciamento de atividades aquícolas”, afirmou o presidente. O objetivo do decreto é intensificar a produção sustentável de um alimento saudável. De acordo com dados da FIESP, o Brasil produz 1.264.764,9 de toneladas de pescado ao ano, sendo 79.262,3 toneladas em São Paulo.

O início das aulas é considerado uma vitória para o município, pois dos 69 pedidos de abertura de cursos na UNESP, apenas 5 foram aprovados, entre eles a Engenharia de Pesca em Registro. “É um curso promissor, que irá somar muito para a região”, completou Elizeu.

O Engenheiro de Pesca é o profissional da área de Ciências Agrárias responsável pelo planejamento, direcionamento, gestão e ordenamento da pesca extrativista e produção de organismos aquáticos (peixes, crustáceos, moluscos e algas) em cativeiro em suas diversas etapas. Também é responsável pelo planejamento e estabelecimento de novas técnicas de exploração, armazenamento, transporte, processamento e comercialização dos produtos finais provenientes da indústria pesqueira.

Espera-se que os futuros profissionais possam contribuir para que o Brasil torne-se um dos maiores produtores mundiais de pescado e, consequentemente, com a oferta de carne com proteína de qualidade e a geração de milhões de novos postos de trabalho, emprego e renda. Assim, facilita-se o acesso das populações de baixa renda ao consumo dessa proteína de qualidade e, ainda, contribui para o desenvolvimento sustentável dessa importante atividade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s