Vereadores garantem a representação de todas as categorias envolvidas no Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável

A votação do Projeto de Lei 1292/2013, na Câmara de Registro, na noite desta última segunda-feira, dia 15, garantiu a representatividade de todas as categorias envolvidas no Conselho Municipal de
Desenvolvimento Sustentável. O Projeto gerou amplo debate, devido às alterações propostas pelo Executivo Municipal. A principal critica era a retirada da representatividade dos agricultores familiares da composição do Conselho.

O PL foi aprovado por unanimidade do Plenário, com emendas propostas pela Comissão de Justiça e Redação da Câmara. As emendas, que contemplaram a representatividade dos agricultores familiares, foram o resultado de um acordo entre os próprios agricultores familiares, o sindicato da categoria, alguns vereadores (Raul Calazans, Osvaldo da OP, Cezinha, Marcos Portela, Diabinho e Jorge Justino) e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente, Nelson Barba.

Para o vereador Raul, que chamou a atenção dos colegas de Casa para o assunto e promoveu a reunião entre todos os envolvidos, o resultado foi positivo. “Ao analisarmos os projetos temos que ter a preocupação de buscar o melhor para a sociedade e foi isso que aconteceu, todos os envolvidos juntos encontraram a composição que melhor contemplaria o Desenvolvimento Sustentável para Registro”, comemorou o vereador ao final a votação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s