Grande Prêmio da Áustria de F1: Verstappen e Norris “suicídio” antes de terminar – George Russell vence (VÍDEO)

Por George Pallikaris

A partida de hoje teve duas faces. As primeiras 50 voltas decorreram em condições monótonas e familiares, com o holandês a liderar por uma margem. Mas um pit stop tardio da Red Bull colocou Norris em uma posição ameaçadora e sua pressão contínua sobre Verstappen poderia levar ao contato entre eles e a uma reviravolta completa na corrida. Norris se aposentaria, Verstappen terminaria em 5º e eventualmente George Russell obteria uma vitória excelente, mas inesperada. Piastre e Sains completaram a etapa.

Seção de anúncios

plataforma

A pista de Spielberg é propriedade da Red Bull e é a 5ª mais curta do calendário, com apenas 10 curvas. Porém, tem a maior diferença de cota depois do Circuito Spa, a diferença entre os pontos mais altos e mais baixos é de 63,5 metros, enquanto a diferença em Spa é de 102,2 metros. Os pilotos completam 71 voltas de 4.318m cada. Carlos Sainz detém o recorde nesta pista desde 2020.

Seção de anúncios

Imposto Inicial

Verstappen também venceu a corrida sprint, conquistou a pole position e continua sendo o favorito absoluto. Norris, da McLaren, largou em segundo, com Russell, Sainz e Hamilton completando os cinco primeiros. Leclerc em 6º, Pérez em 8º.

Visitantes: 302.000

Temperatura da superfície da estrada: 50 graus Celsius

Como foi a partida?

Max Verstappen faria uma ótima largada e defenderia seu primeiro lugar. O segundo Norris defenderia sua posição apesar do estrangulamento do terceiro Russell. Com Hamilton em quarto e Sainz em quinto, Leclerc entrou nos boxes desde a primeira volta e substituiria o spoiler dianteiro após contato com Piastre na largada.

Muitos pilotos na primeira curva apertada optaram por sair da pista em vez de fazer contato. Portanto, além das interações entre Piastre e Leclerc, a largada foi limpa.

READ  Quem está sob o microscópio da administração fiscal – por que estão sendo auditados?

Na volta 3, o líder Verstappen ganharia uma vantagem de 1,6s sobre o vice-campeão Norris, empurrando-o para fora da zona TRS, enquanto as batalhas familiares entre Hamilton e Russell eram impressionantes.

Uma dança de pit stops será aberta na volta 11 com Ricciardo e Magnussen, e ambos colocarão a borracha dura e tirarão a média.

Com 15 das 71 voltas completadas, os 10 primeiros foram: Verstappen – Norris – Russell – Sainz – Hamilton – Piastre – Perez – Ocon – Gasley – Tsunoda.

Não há TRS porque a distância entre os pilotos é superior a 1 segundo, o que reduz significativamente as ultrapassagens. Uma grande batalha pelo 10º lugar também dará um ponto.

Hamilton receberá uma penalidade de 5 segundos por cruzar a linha de chegada ao entrar no pit lane.

Charles Leclerc fez 3 pit stops no meio da corrida (35ª de 71 voltas), 1 na primeira volta para troca do spoiler dianteiro e os outros dois para pneus.

Na volta 51, a diferença entre o líder Verstappen e o segundo Norris era de 7,1 segundos, mas ambos os pilotos fariam pit stops paralelos e o holandês ficaria uma roda atrás. Com isso, saindo dos boxes, a diferença foi reduzida para 1,9 segundos e, após duas voltas, Norris enfrentaria o TRS, ameaçando diretamente o holandês.

Faltando 16 voltas para o final, a corrida finalmente estava ficando interessante, com Verstappen usando o DRS ativado pelos carros que passava para “lançá-los”. A luta deles é incrível e anima a galera! As tentativas de passe do britânico continuam, mas o holandês sabe jogar na defesa e prova isso.

Finalmente, na volta 64, a insistência de Norris em ir primeiro causaria danos a ambos os carros ao entrarem nos boxes. Verstappen retornará à corrida na 5ª colocação, enquanto Norris abandonará.

READ  O invicto Manchester City fez história com o quarto campeonato consecutivo

Com Jorge Russell agora liderando a corrida com Piastre – Sainz – Hamilton – Verstappen, haverá uma posição virtual do safety car devido aos boxes na pista do contato anterior.

Faltam quatro voltas para a bandeira quadriculada e o holandês Verstappen também receberá uma penalidade de 10 segundos.

Primeiro, George Russell enfrentaria a bandeira quadriculada em uma vitória grande, mas inesperada.

A classificação final da corrida sem quaisquer outras alterações: Russell – Piastre – Sainz – Hamilton – Verstappen – Hulkenberg – Perez – Magnussen – Ricciardo – Gasly – Leclerc – Ocon – Ula – Alphonse – Tsunoda – Pottas – Cho – Alonso – Sgt.

Ele desistiu Norris.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *