Circuito SESC de Artes movimenta Praça Beira Rio em Registro

Pessoas de todas as idades estiveram na Praça Beira, Complexo KKKK, para usufruírem os mais diferentes espetáculos oferecidos pelo Circuito SESC de Artes em Registro.

Um dos pontos altos do evento realizado pelo SESC em parceria com a Prefeitura de Registro, por meio da Secretaria de Cultura, foi o show de encerramento do Circuito, “A Curva da Cintura”, (6), de Arnaldo Antunes e o guitarrista Edgar Scandurra.

O placar de 3 a 0 na disputa entre Santos e Guarani no Morumbi, deixou o domingo, (6), do santista Arnaldo Antunes animado. No show “A Curva da Cintura” ele, Edgar Scandurra e banda apresentaram um repertório que foi de músicas mais intimistas à clássica “Bandeira Branca” (de Max Nunes e Laércio Alves) – interpretada em versão que agrega a autoral “O buraco do Espelho”.

Arnaldo Antunes comemora 30 anos de carreira. “Agora vamos começar a divulgação desse projeto com a MTV que é bacana”, disse Antunes sobre o CD Acústico “A casa é sua”. Antunes confirmou a autoria e demonstrou satisfação ao saber que alguns registrenses entrevistados disseram lembrar-se da voz dele não só nas músicas, mas também do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo.  “Sim, esse é um trabalho que fizemos e é uma instalação permanente no elevador do Museu. É muito bom tocar aqui perto do rio (Ribeira) e a gente espera voltar em Registro”, afirmou o poeta e cantor.

Quem também elogiou a proposta de show gratuito foi Edgar Scandurra. “Tocar em um lugar assim como esse, para todo mundo é maravilhoso. Não existe jeito melhor para se apresentar do que esse, com um público tão variado”, disse o guitarrista.

O assessor de Projetos de Turismo, da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo, Adier Pires, que fez parte da equipe de organização da Prefeitura de Registro comemorou a participação do público e contou algumas histórias de bastidor. “O artista Mestre Valdeck de Garanhuns, por exemplo, nos contou emocionado que um morador de Registro de 92 anos – e também pernambucano da cidade de Garanhuns – foi conferir o teatro de bonecos mamulengos do Mestre. Além disso, outra curiosidade é que diversos artistas experimentaram a culinária japonesa de Registro e elogiaram muito”, disse o assessor.

O assistente técnico de programação do Sesc Santos, Wanner Musato Rodrigues, fez elogios e falou da importância regional do Município. “O legal em Registro é poder colocar a estrutura do Circuito nesse espaço à margem do Rio Ribeira. Também contamos com um apoio muito bom da Prefeitura e o público participou. Além disso, Registro é central no Vale do Ribeira, é um pólo e por isso acredito que é uma cidade estratégica para receber o Circuito Sesc”.

O Circuito SESC de Artes 2012 percorreu, entre 17 de abril e 06 de maio, 88 cidades do Estado de São Paulo. Foram cerca de 50 atividades gratuitas, que reuniram aproximadamente cerca de 200 artistas brasileiros e estrangeiros, nas áreas de música, teatro, artes visuais, circo, dança, literatura, artemídia e vídeo. O público da edição de 2012 ainda não foi contabilizado, mas em 2011 o Circuito SESC de Artes reuniu aproximadamente 240 mil pessoas em torno de sua programação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s