Creed: “Ela não tirou selfies, não se matou” – diz irmã de 17 anos

A família de uma jovem de 17 anos que caiu a 50 metros da ponte BOAK, em Creta, procura respostas para a sua tragédia.

A irmã do jovem de 17 anos diz que ele era uma criança muito feliz, não se matou e só esperava terminar os estudos e estudar no exterior.

“Eu sei que ele certamente não se matou. Por que uma criança feliz se mataria? Conversamos muitas vezes e ela me contou todos os seus pensamentos, por que ela se mataria?” Ele disse.

“Ela estava bem e muito feliz porque sabíamos que iríamos para o exterior. Às vezes ela ficava um pouco estressada com os exames da escola para tirar boas notas, mas sabia que iria estudar no exterior, então não se importava muito. também a vi no ponto de ônibus pela manhã, ela também estava com roupas bonitas, estava bem, era o último dia de provas na escola”, disse ele a Divigreta.

“Ela estava se preparando para o verão, para ir ao banho, para viver a vida dela. Ela era uma criança muito feliz, não sei”, disse a irmã de 17 anos, que, como ouvi pela primeira vez, não caiu tentando tirar uma selfie porque não gostava nada de ser fotografada.

A família apelou a quem presenciou o acidente para chamar a polícia e ajudar na investigação.

READ  Onde você assistirá Olympiakos, PAOK e o restante da 18ª rodada?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *