Parlamento: Universidades não governamentais inconstitucionais – Pierrakakis: “Vamos quebrar as barreiras”

Uma moção para promulgar a referida lei foi apresentada durante um debate no Parlamento há pouco tempo Universidades não governamentais “Estamos quebrando as barreiras”, observou o ministro da Educação, Kyriakos Pierrakakis, do parlamento, em sua declaração.

Anteriormente, Syriza, KKE, Hellenic Solution e Nikkei apresentaram um pedido à Mesa para discutir a inconstitucionalidade do projecto de lei.

Na sua apresentação ao parlamento, o Ministro da Educação, Kyriakos Perrakakis, observou que não se tratava da inconstitucionalidade do projecto de lei, salientando que “só nós e Cuba proibimos o estabelecimento de universidades públicas”.

“Confiamos nas opiniões dos especialistas constitucionais”, acrescentou o ministro.

Falando em privado, Sócrates Famellos observou que sob o governo do Syriza, o número de estudantes graduados aumentou com as propinas, bem como com cortes nos subsídios governamentais.

Referindo-se à presença de universidades estrangeiras na Grécia, insistiu que o projecto de lei era acompanhado de uma salvaguarda contra a falta de rentabilidade, uma vez que a licença era retirada.

Anteriormente, o SYRIZA, o PASOK e o KKE rejeitaram uma moção de censura ao governo apresentada por Alexis Haritzis, chefe do Grupo Parlamentar da Nova Esquerda.

A discussão será concluída naquele dia Na sexta-feira (3/8), está prevista a fala do primeiro-ministro Então a fatura será lançada Voto.

READ  Bucs - bateria 97-123: "Os homens mais durões de Miami" eliminam Bucs em Milwaukee (vídeo)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *