Um popular TikToker foi preso por abusar de pessoas com deficiência em transmissão ao vivo

Uma das figuras mais populares nas redes sociais e nas transmissões ao vivo em plataformas como Youtube e TikTok foi detida hoje ao meio-dia pelo Diretor Adjunto de Segurança do Estado da Direção de Segurança da Ática.

As acusações contra o jovem de 35 anos incluem tráfico de seres humanos e danos físicos a pessoas vulneráveis, com circunstâncias agravadas do artigo sobre crimes de motivação racial por deficiência.

De janeiro de 2023 em diante

Segundo a polícia, o arguido, pelo menos desde janeiro de 2023, mantinha um perfil utilizando um pseudónimo numa rede social onde transmitia em direto abusos contra pessoas com deficiência mental.

Especificamente, esses atos consistiram em abusos repetidos, danos físicos e atos sexuais solicitados pelos telespectadores que assistiam à transmissão ao vivo e pagavam de acordo.

Novo vídeo ao vivo

O jovem de 35 anos foi preso em sua casa por policiais do departamento por combater a violência racista, no âmbito da autoimolação, no início da manhã de hoje, quando fazia uma nova transmissão ao vivo de tais ações. Custo de duas pessoas frágeis transferidas para estrutura de hospitalidade.

Durante a investigação judicial realizada, foram encontrados e apreendidos 7 discos rígidos e -4- telemóveis, enquanto o detido será encaminhado ao Ministério Público competente.

READ  O carro-chefe XIAOMI 14 Ultra 5G chega à COSMOTE e à ALEMÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *