Al-Hilal marcou dois gols nos pênaltis na Arábia Saudita, Ronaldo novamente sem troféu nacional

O Al-Hilal venceu a Copa da Arábia nos pênaltis após o campeonato e deixou Cristiano Ronaldo sem troféu nacional.

O Al-Hilal foi o último time da Arábia Saudita nesta temporada e depois de sua campanha no campeonato também conquistou a taça, derrotando o Al-Nasr por 5 a 4 nos pênaltis na final.

A equipa de Jorge Jesus abriu o marcador aos 7 minutos, quando um remate à queima-roupa de Aleksandar Mitrovic não conseguiu converter, apesar do remate de Cristiano Ronaldo. Na 2ª parte os portugueses seguraram a trave com um improvável pontapé de tesoura, mas a expulsão de David Ospina aos 56 minutos inviabilizou a tarefa do Al-Nasr.

No entanto, quando Mitrovic viu-se com quatro em quatro aos 85′, tudo parecia acabado, mas algures ao longo da linha vieram os altos e baixos. O sérvio Baber falhou e Ali Al-Bulaihi foi expulso aos 87 minutos por pontapear um adversário, com todos à espera de um lançamento lateral.

Já acionado com o número amarrado na grama, Ayman Yahya empatou em 1 a 1. Na etapa seguinte, o Al-Hilal atacou e Khaledo Koulibaly se viu na pequena área adversária, mas foi pego por Yassin Bounu. O Senegal tentou ultrapassá-lo, mas ele acertou o goleiro marroquino e foi expulso com o segundo cartão amarelo para os campeões, na prorrogação, em forte contraste com o jogo que se desenvolveu até os minutos finais.

Na prorrogação, o impedimento artificial continuou a expor Ronaldo, já que o Al-Hilal manteve o placar empatado e mandou o jogo para a prorrogação. Após primeiras tentativas sem sucesso, os portugueses cobraram o segundo pênalti e marcaram. Ambas as equipes perderam juntas no sexto pênalti, mas Yassin Bounu Al-Nasrin defendeu o sétimo pênalti para dar o troféu ao seu time.

A equipe de Neymar (embora afastada devido a lesão) conquistou o troféu pela 11ª vez, enquanto Ronaldo voltou a sair sem título nacional, com o Troféu dos Campeões Árabes em sua campanha no Oriente Médio.

READ  Semifinal crucial da UEFA Champions League no MEGA

“A Bíblia Dourada”

  • 13 vitórias: Al Ahli (1962, 1965, 1969, 1970, 1971, 1973, 1977, 1978, 1979, 1983, 2011, 2012, 2016)
  • 11 acertos: Al Hilal (1961, 1964, 1980, 1982, 1984, 1989, 2015, 2017, 2020, 2023)
  • 9 vitórias: Al Ittihad (1958, 1959, 1960, 1963, 1967, 1988, 2010, 2013, 2018)
  • 6 vitórias: Al Nasr (1974, 1976, 1981, 1986, 1987, 1990)
  • 3 vitórias: Al Shabaab (2008, 2009, 2014)
  • 2 vitórias: Al-Wahda (1957, 1966), Al-Itifaq (1968-1985)
  • 1 vitória: Al-Taqoon (2019), Al-Faisali (2021), Al-Fayha (2022)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *