'Esta é provavelmente a época mais difícil da minha carreira, ainda não falámos com o AEK sobre o novo ano'

AEK




Claudia Ladeau/Uroginci

AEK Betsson venceu Marousi e Mindaugas Kuzminskas falou à câmera ERT e ao andamento da equipe no programa “Jambol”, ressaltando que não há discussão sobre a possibilidade de ele permanecer na nova temporada.

Nos detalhes contra o Maroussi pela Stoiximan Basket League, o AEK Betsson conquistou a vitória e o melhor jogador do torneio, Mindaugas Kuzminskas, falou para a câmera ERT no programa “Jumbol”.

O lituano marcou 21 pontos e 10 rebotes, um duplo-duplo emocionante, e comentou os rumos do Union no final do jogo, dizendo que não houve debate sobre sua permanência no amarelo e preto.

Como ele disse:

“Às vezes dizemos no balneário que temos muito azar, mas a sorte é a mesma. Se começarmos a ganhar, é como um hábito. Infelizmente começamos a perder e pensamos que os árbitros estão contra. Os adversários têm sorte, mas no final não podemos culpar ninguém além de nós mesmos.Antes de começar o padre veio dar a água benta, talvez devêssemos trocar o padre.

Provavelmente a temporada mais difícil da minha carreira. É muito estranho, normalmente perdemos muitos jogos e não marcamos golos e os adeptos ficam ‘loucos’, o que é compreensível. Agora são mais quatro jogos e depois os playoffs.

Posso garantir que daremos o nosso melhor. Acho que às vezes você perde, mas o mais importante é lutar até o fim e acho que as pessoas aqui são inteligentes. Eles amam o jogo e então entendem e apoiam mais”.

Sobre se já discutiu a possibilidade de permanência e a nova temporada com a equipe: “Em primeiro lugar, acho que temos muitos bons jogadores, infelizmente às vezes não parecemos uma boa equipe. Respondendo à sua pergunta, não. Acho que você tem que se concentrar neste ano em geral. É uma resposta diplomática. , mas é verdade.”

READ  Celtics 104-91: Milwaukee explode, Antetokounmpo ferido


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *